Diário de bordo de um principiante – Sombras de Mordor – dia 1

Então eu comecei pela primeira vez de todas o jogo Sombras de Mordor, é bom  falar para começar que o jogo está todinho dublado em português e eu pretendo jogar assim por que isso é sensacional, se você não gosta e prefere a versão original tudo bem, mas a Warner neste caso teve um apreço especial pelo Brasil e eu pretendo no minimo valorizar esta dedicação.

Tutorial, o Começo do Inicio,

O inicio do tutorial é bem simples, que acompanha o Twitter sabe que eu dias atras estava jogando Batman Arkham Knight que também é da Warner e acho que por isso o padrão de comando é bem parecido o que me deixou tranquilo por que os jogos da sérei Arkham eu que já morri (cof!, cof) joguei muito, mas  voltando ao que falavamos tutorial se passa em um tipo de flashback que é um sacada muito boa ja que cria um ambiente mais neutro para contar uma história e ensinar o jogador e é aqui começa o spoiler,

ATENÇÃO DESTE PONTO EM DIANTE TEREMOS MUITO MUITOS SPOILERS VOCÊ FOI AVISADO!

O jogo começa no forte dos portões Negros de Mordor onde Eu estava com a minha família (se isso era uma viagem de férias eu sou um péssima pessoa)  e de repente o Forte é  atacado pela escória orcs Uruks maldita, neste ataque apesar da resistência inicial todos morrem ( filho, a esposa e eu) mas Talion que sou eu nesse mundo apesar de morto ,Talion deve ser tão chato, que fica preso entre os vivos e os mortos, sua alma não vai nem para luz nem para as sombras.

Neste Limbo eu encontro um espectro de um elfo que até aqui não me contou seu nome, e agora divide o corpo comigo com a esperança de descobrir como quebrar a maldição em que ambos estão presos.

Aqui eu sou apresentado a um dos mecanismos de jogabilidade para liberar áreas do jogo usando torres como no assassins creed, no entanto aqui são torres de forja, sim o nosso elfo gasparzinho é um ferreiro dos brabo.

Torres de Forja já vou me acostumando por que acho que vou ver muitas delas durante o jogo

Descobrimos a primeira área e então aparece um sinal insistente me direciona para o que logo em seguida descubro ser um Capitão Orc na frente. “Ok, vamos ver como isso funciona” . E começo a seguir em direção ao insistente sinal na tela, quando dou de cara com um troll que me mata em questão de segundos. Me mandando de volta para a torre de forja inicial, e assim descubro que pelo que parece as torres de forja são também save points do jogo. O Troll ainda não da pé para mim então  penso em seguir para outro caminho, mas aquele sinal irritante não sai da tela, então imagino que provavelmente tem mais alguma coisa do tutorial ali, descendo da torre vejo alguns orc em patrulha e durante a luta com eles descubro que posso do mesmo jeito que no Batman a interrogar os orcs ,e de quebra matar o infame, cada vez que eu interrogo algum deles descubro um novo capitão de Mordor claro que de inicio são só da primeira fileira (ainda não sei quantas fileiras são) mas entendi o conceito, ok hora de procurar o primeiro capitão orc infame Gimûb conhecido pela alcunha de o Feitor.

Esta é a cara do Bandido Gimûd, o Feitor

  Aqui o jogo ensina que eu devo primeiro acabar com os arqueiros,  e de quebra acaba descobrindo que o elfo como todo bom elfo é um arqueiro, só não é um arqueiro muito bom, afinal eu miro mal para caramba, e além disso só posso carregar 4 flechas o que não deixa a vida mais fácil, mesmo com toda essa “perícia” consigo pegar todos os arqueiros da região sem que eles me percebam, feito isso eu deveria ter acabado com os soldados e então ir atras do capitão, e eu digo deveria porque quando eu dei por mim tinha tentando dar um ataque mal sucedido pelas costas do capitão, fato que me levou a ficar cercado pelos seus soldados dele. Felizmente meus dias de Batman me ensinaram  a usar o contra ataque para socar os biltres no focinho (orcs tem focinho né?), e apesar de quase morrer consegui derrotar o capitão, para finalizar ele usei o interrogar  oque me mostrou um Capitão da próxima fileira, Será que este é mais forte que  Gimûb?  só o tempo dirá, com isso libertei os prisioneiros e a história se desenrolou mais um pouco, descobri que uns dos caras que estavam ali ajudando a soltar os escravos(??) era o mesmo que já tinha desafiado o suspeito por ter me colocado a maldição, com isso tenho no mapa a localização um acampamento próximo, segundos depois vejo uma figura familiar em meio as pedras Gollum esta por aqui (ADOREI) , mas o mundo não para e enquanto eu estava felizinho distribuindo meus pontos de experiencia, e vendo as runas que queria colocar nas armas  percebo que temos orcs chegando aqui de novo o que devo fazer? para onde irei? manga com leite faz mal de verdade? essas e outras perguntas agente descobre no próximo episódio.

Facebooktwitterredditpinterest

Uma resposta para “Diário de bordo de um principiante – Sombras de Mordor – dia 1”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *